APCG (clique sobre o logotipo) APPC    

Início  •  Quem Somos  •  Inf. Técnicas  •  Ligações  •  Parceiros  •  Eventos  •  Contactos



Dezembro 2017

Do.

Se.

Te.

Qu.

Qu.

Se.

Sá.

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 

Notícias

 
 

Dia Nacional da Paralisia 2015
(ver mais...)

IX - Mini-Maratona e Caminhada
(ver mais...)

Olharte
(ver mais...)

20 anos
(ver mais...)

Vai dar banho ao cão
(ver mais...)

Yes we wheel
(ver mais...)

VIII Mini-maratona
(ver mais...)

Inauguração da carrinha adaptada
(ver mais...)

Domingos Solidários
(ver mais...)

28 e 29 de Setembro de 2012
Feira +Vida

VI - Mini-Maratona e Caminhada
(ver mais...)

Grupo de Ajuda Mútua
(ver mais...)

Workshop "Sabores da india"
a realizar nas instalações da APCG a 19 de Novembro de 2011

(ver mais...)

21 e 22 de Outubro
Auditório da universidade do Minho
II Jornadas "A Pensar nos Frutos"

18 de Setembro de 2011
V Mini-Maratona

(ver mais...)

BOCCIA – Balanço de 2011
(ver mais...)

Agencia Viagens para pessoas com mobilidades reduzida
(ver mais...)

APCG com Recolha Selectiva de Lixo
(ver mais...)

Praias acessiveis
(ver mais...)

1 de Julho de 2011
Big Jump

(ver mais...)

7 a 10 de Julho de 2011
Feira da Terra

(ver mais...)

APCG sobre rodas
(ver mais...)

Culinária Saudável na APCG
Consultas individuais de nutrição
Contacte a secretaria da APCG
(ver mais...)

PODOLOGIA - Serviços
(ver mais...)

IOGA - Aulas de Relaxamento
(ver mais...)

Artesanato CAO
(ver mais...)

 

NEWSLETTER
Consulte aqui os números anteriores

 
     
 

SUGESTÕES/RECLAMAÇÕES
Deixe aqui a sua opinião.

 
     
     
 

Hipoterapia

O cavalo tem vindo a ser utilizado de diferentes formas há milhares de anos. Actualmente, tornou-se um meio requisitado como ferramenta na área da saúde.
Esta modalidade terapêutica já era utilizada por Hipócrates (450 a.C.) com sucesso.
Após a II grande guerra mundial, iniciou-se o crescimento e o desenvolvimento terapêutico para pessoas portadoras de deficiências, tanto na Europa como na América do Norte. O cavalo tornou-se, então, um aliado, beneficiando todos que dele necessitem.  
 A hipoterapia contribui para a educação, reeducação e a reabilitação de pessoas portadoras de necessidades especiais, através de actividades terapêuticas, lúdicas e desportivas.

Na Hipoterapia trabalha-se sobre e com o cavalo, no qual são estimuladas as funções cognitivas, motoras, sociais e emocionais, proporcionando equilíbrio, normalização do tónus, percepção do próprio corpo despertando interesse pelo mundo.

O indivíduo na Hipoterapia é trabalhado como um todo e não em partes, inserindo-o no convívio com o animal e com o social (terapeutas, familiares, tratadores, etc.).

Sobre o cavalo, um grande número de informações simultâneas é transmitido a toda a fisiologia humana. O impacto desses movimentos tem implicação no tónus muscular postural, sistema sensorial, função motora, influenciando assim, a cognição da fala – linguagem e sistema emocional. e respiratório.

Andar a cavalo requer o uso de ambos hemisférios cerebrais (montar simetricamente), devido à interferência dos movimentos tridimensionais e multi-direcionais inconscientes sobre os dois lados do corpo agindo nas acções corporais como, transferências de peso corporal, controle bilateral das rédeas, etc. A nova posição no espaço tem um grande efeito no sistema vestibular, o qual também influencia os centros da fala (ritmo).

Hipoterapia

  • Promove a normalização do tónus muscular;
  • Facilita a sincronização osteo-articular, melhorando a flexibilidade;
  • Promove uma melhoria da mobilidade corporal;
  • Facilita uma melhoria do equilíbrio e da coordenação da motricidade;
  • Aumenta o domínio respiratório;
  • Aumento a acuidade visual, táctil, auditiva e olfactiva;
  • Promove um aumento da percepção do próprio corpo;
  • Facilita uma melhoria da capacidade de concentração;
  • Facilita a interacção com os outros.

A hipoterapia é um meio de reabilitação importante para pessoas com necessidades especiais, com diferentes patologias, tais como:

  • Paralisia cerebral;
  • Distúrbios da fala;
  • Síndrome de Down;
  • Paraplegia;
  • Síndrome do X frágil;
  • Síndrome de Willson;
  • Sequelas de traumatismo craniano;
  • Deficiência mental;
  • Autismo;
  • Outras patologias de origem genética.

« voltar

 
     
   
POS_C

HomeQuem SomosInf. TécnicasLigaçõesParceirosEventosContactos